Mídia social é patrimônio para empresas

Segundo pesquisa digital, 45% dos brasileiros estão nas mídias sociais (pesquisa da We Are Social - 2016).

72% dos entrevistados citam redes sociais como principal fonte de informação e concretização de vendas. Sites de busca ocupam o segundo lugar, por incrível que pareça! Porque isto acontece?

Simples! A melhor forma de divulgar seus serviços e produtos ainda é o “boca-a-boca”. Só que, graças às mídias sociais, esta simples forma ganhou status exponencial. Nos abrimos completamente diante de uma simples frase “escreva aqui o que você está pensando.” ou “E aí, quais são as novidades?”, entre outras chamadas utilizadas pelas mídias sociais para que compartilhemos nossas ideias, pensamentos e ações.

Em outra pesquisa, realizada pelo Sebrae, apontou o Facebook como a plataforma mais utilizada, seguida pelo Twitter e LinkedIn. A informação circula de forma fluídica e em tempo real! Utilizando as métricas geradas pelos “likes”, comentários, compartilhamentos, reações, as empresas transformam recurso em informação. Este feedback permite que elas saibam como pensa seu público alvo e como este está reagindo ao seu produto, marca ou serviço, possibilitando a melhora na comunicação e se adequando à demanda de seu consumidor.

A presença corporativa nas mídias sociais, quando bem administrada, é um poderoso canal direto com seu público alvo. Por outro lado, marcar sua presença sem uma estratégia planejada ou sem profissionais com capacitação para tal, é um erro maior que optar por não pertencer a este mundo.

A garantia de resultados é estreitar o relacionamento entre empresa e consumidor, de forma dinâmica, rápida e fácil. A experiência bem sucedida de um cliente ao entrar em contato com sua empresa é garantia do fortalecimento e fidelização de sua marca, produto ou serviço.

Visibilidade e engajamento não são sinônimos!